quarta-feira, 18 de setembro de 2019

A CULTURA E AS ARTES NAS LEGISLATIVAS 2019 | agora, a CDU







Já nos tínhamos debruçado sobre a posição do Partido Socialista quanto à Cultura e as Artes no âmbito das Legislativas  2019, nomeadamente nestes posts:
Agora, olhemos para o PCP e os «VERDES». Desde logo, o vídeo acima sobre uma visita de Jerónimo de Sousa ao museu de Arqueologia. Depois, o Programa da CDU para a Cultura:

Leia na integra

Em seguida, sublinhar que a Cultura e as Artes não foram esquecidas na Conversa com Jerónimo de Sousa havida nas redes Sociais.




E o  Programa da CDU vai ao encontro de muito do que aqui no Elitário Para Todos temos defendido, por exemplo aquilo   do destaque acima, relativamente ao Ministério da Cultura. De facto quanto aos serviços, na essência, tudo continua com a marca do PREMAC dos Governos anteriores. Lembram-se ?, fusões e extinções sem critério. E no que diz respeito ao Serviço Público nas Artes como muitos dos nossos melhores tem apontado, com verbalizações diversas, ele passará por uma Rede Nacional de Artes que cubra o País, e em que Projeto Artístico e Teatros (salas, equipamentos, galerias e afins) sejam pensados ao mesmo tempo, com a atividade artística a ser organizadora ... Aquela  «Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses», voluntária,  aprovada recentemente no Parlamento é capaz de ficar para as calendas ... Eventualmente dada a complexidade, aliás  identificada pelo Presidente da República, inviável.  Primeiro estará a Rede Nacional de Artes (obrigatória) ... como noutras áreas culturais e como noutros sectores ...


sábado, 14 de setembro de 2019

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

LEGISLATIVAS 2019 | DEBATES | SUGESTÃO DE TEMA | «A Cultura não é um luxo»

À atenção dos senhores/as jornalistas e dos dignissimos candidatos/as a Deputados
Querendo-se contribuir para que a CULTURA E AS ARTES não sejam esquecidas nos debates  das Legislativas de 2019, a imagem acima de artigo que saiu na Revista do Expresso de 4 de outubro de 2014 que guardamos nos arquivos do Elitário Para Todos. E que melhor ponto de partida poderíamos encontrar?

terça-feira, 10 de setembro de 2019

CONFERÊNCIA | «o ano de 1969» | 10 SET 2019 | 17:00 H | BIBLIOTECA NACIONAL | LISBOA





Na semana passada na Biblioteca Nacional realizou-se uma tertúlia que divulgamos também aqui no Elitário Para Todos: 

TERTÚLIA | «1969 - Atividades e Lutas Estudantis» | 4 SET 2019 | 17.30 H | BIBLIOTECA NACIONAL | LISBOA



A propósito este post de uma das pessoas da mesa.  Só olhando para os participantes da iniciativa de hoje, o senhor de «barba branca» referido no post ou um outro qualquer que venha a estar presente, com ou sem barba, é capaz de encontrar motivos para outra «infindável diatribe». Há quem aqui do Elitário Para Todos tenha estado na «Tertúlia» mas não pode testemunhar a diatribe porque terá saído imediatamente antes, mas pertencendo à geração de 69 por acaso fez-lhe falta outras memórias de pessoas que também foram protagonistas à data... E nisso pensou logo lá, na ocasião, antes de saber que tinha havido «doentia sensibilidade» quando foi dada  voz à assistência. Não, não estragou nem estragará «festas» destas ... Contudo, pensando bem, quem convida e qual o critério seguido nos convites?

domingo, 8 de setembro de 2019

LEGISLATIVAS 2019 | DEBATES | perguntas e respostas em torno da cultura e das artes ...



pelos  minutos 32:54 


E lá para o fim do debate entre Catarina Martins e António Costa eis que aparece, assim tipo pergunta de algibeira, questão sobre cultura, como pode verificar via imagem acima - desculpe lá senhor moderador, bem sabemos que ao longo dos tempos lhe devemos, certamente com outros, do  reduzido trabalho que ainda vamos tendo sobre cultura e artes. Mas fala-se tão pouco  de cultura e artes que o assunto quando surge mais parece «flor na lapela»,  deste género: como veem não  esquecemos a cultura. Mas pronto, o que conta é que houve pergunta, e qual foi ela, qual foi? Sobre assunto que também abordamos neste post - e só por isso à partida alinhamos com a pergunta :  PARTIDO SOCIALISTA | O QUE É FEITO DOS PROGRAMAS ELEITORAIS PARA A CULTURA COM QUE NOS TINHA HABITUADO? ou seja, tem a ver com o que quer dizer esta passagem do Programa Eleitoral do PS:

 
Senhor Candidato António Costa, depois de o ouvirmos, podia fazer o obséquio de nos indicar a Escola onde podemos ir aprender os métodos seguidos pelo PS na contabilidade orçamental para a Cultura? E podia dizer-nos onde estão disponíveis os cálculos que dão suporte ao que disse no debate? É que a coisa ficou mesmo confusa, enquanto não explicar melhor ...  soa mal, e acentua o lado negro do «GOVERNO DE CULTURA DO PS» durantes estes quatro anos. No minimo faz-nos sentir, digamos, pouco inteligentes, porque era suposto percebermos de forma cristalina o que disse. Ou não!   Mas então onde está a ADMINISTRAÇÃO ABERTA e por conseguinte transparente!
Senhora Candidata Catarina Martins faça-nos também o favor de preparar um comentário/resposta de maior qualidade para o assunto - pode ser em «soundbyte» ...
Por outro lado, a questão do orçamento para a cultura e artes é mesmo relevante, estruturante, e por isso  ao mesmo tempo temos de saber o que vamos fazer com esse orçamento. Então quando se faz uma pergunta sobre verbas para a Cultura e as Artes que nos digam «preto no branco» quais as prioridades, e numa  folha A4 registem a sistematização de programas/projetos quantificados - sim, sim, ao jeito da Orçamentação por Programas para tudo e para todos de que o velhinho PIDDAC já era uma boa aproximação ... Se ficamos com uma ideia do que disse, Dr. António Costa, aquela da mesma verba, assim sem mais, poder contar uma, duas, três vezes ... é uma boa tirada: uma vez serve a cultura, outra a internacionalização, uma outra a educação, a juventude ...  O diabo é se todos ao mesmo tempo querem mostrar esse mesmo montante ... Bom, bem sabem os Candidatos que a gestão orçamental pública e nomeadamente a «moderna» sabe lidar com isso, ... Mas temos de querer e crer. 

Senhores jornalistas temos  outras perguntas que também são capaz de resultar bem em Debates em poucos segundos: por exemplo a Lei recentemente publicada com o titulo de «Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses», mas fica para outro post.